Terça-feira, 21 de Março de 2006

Poemas: Naia Marques

Ser Velho

Estou a ser "velho" pela primeira vez !
Nunca antes o fora...
Na minha terra,
com certa ternura,
sou "kokuana" ou "madala".
Mas tanto me faz !
Nesta inexperiencia porque passo,
e avassalado pelo inconformismo,
julguei mais facil se-lo.
A rugas na cara
e a cor dos cabelos,
faz com que injustamente,
me despromovam na consideracao,
me degenerem as habilitacoes,
me reduzam a idoneidade,
se escusem do meu convivio
e isso,
pior que a degradacao do fisico,
as rugas na face,
ou cor dos cabelos,
MAGOA
e faz com que ser velho seja dificil
e prejudique em muitos casos,
a relacao com quem assim me trata ...

Naia Marques
publicado por Equipa SAPO às 21:29
link do post | favorito
|

.Uma página do

.pesquisar

 

.Julho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Revista ler

. Afinal, o que importa não...

. Poemas: Auros Fontes

. Poemas: Virgínia Gomes

. Poemas: Naia Marques

. Poemas: Filipe M.

. Poemas: Dias Miguel

. Poemas (Anónimo)

. Poemas: Luisabela Coutinh...

. Mais poemas amanhã

.arquivos

. Julho 2012

. Março 2006

.tags

. todas as tags

.favorito

. Aqui Vamos Nós

. Calendário de desfiles

.Links: poesia do séc. XX

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO

.subscrever feeds