Terça-feira, 21 de Março de 2006

Isto é poesia, isto não é poesia

Para si, isto é poesia? Deixe a sua opinião na caixa de comentários.

La femme de trente ans

Amarás
o meu nariz
brilhante
as minhas estrias
os meus pontos pretos
os meus textos
os meus achaques
e as minhas manias
e as minhas gatas
de solteirona
ou não me amarás
Adília Lopes
tags: ,
publicado por Equipa SAPO às 11:42
link do post | favorito
|
4 comentários:
De Anónimo a 21 de Março de 2006 às 15:51
Nao e poesia...senao, seriamos todos poetas!


De José G a 21 de Março de 2006 às 16:01
Todos somos poetas, uns conscientemente outros sonhando. Quere-mos ser amados pelo que somos. A Poesia é uma estrela a nascer nas mãos de uma criança.


De Alberta a 21 de Março de 2006 às 16:49
Se fosse assim, qualquer pateta escrevia poemas. Era só pôr reticências e pontos de exclamação no fim de cada frase, rimar coração com solidão (como nas músicas pimba), e pronto. Aliás, isso acontece muito.
Os poetas são muito raros. Como os bons jogadores de futebol. O resto, são artistas que dão uns toques ao fim-de-semana, a torrar a barriguinha de cerveja ao sol.


De gonn1000 a 21 de Março de 2006 às 16:59
A Adília é inclassificável, um caso à parte. Vá lá que este "poema" até é dos mais publicáveis :P


Comentar post

.Uma página do

.pesquisar

 

.Julho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. Revista ler

. Afinal, o que importa não...

. Poemas: Auros Fontes

. Poemas: Virgínia Gomes

. Poemas: Naia Marques

. Poemas: Filipe M.

. Poemas: Dias Miguel

. Poemas (Anónimo)

. Poemas: Luisabela Coutinh...

. Mais poemas amanhã

.arquivos

. Julho 2012

. Março 2006

.tags

. todas as tags

.favorito

. Aqui Vamos Nós

. Calendário de desfiles

.Links: poesia do séc. XX

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO

.subscrever feeds